O ingrediente essencial da educação

Estar bem para fazer bem. O que isso significa? Significa que precisamos estar bem psiquicamente, fisicamente para poder fazer bem feito tudo aquilo que fazemos.

Contudo, sabemos que não estaremos bem sempre, até porque isso é obviamente utópico, mas existe um jeito de se sentir o melhor possível: se conhecendo. Juntando alguns saberes de pessoas incríveis, cheguei a conclusão de que se nos conhecemos, se percebemos o que não está legal, se tivermos consciência de todas as nossas particularidades, fica muito mais fácil de se governar, de se controlar.

A velocidade do mundo hoje, dos nossos compromissos diários, nos impede de respirar e refletir. Precisamos reparar em nós mesmos.

Pedagogicamente falando, quando nós soubermos nos controlar, aí sim chegaremos com sucesso até o aluno para compreendê-lo. Chegamos na empatia, aquela palavra que adoro e que só tem sucesso efetivo se nos despirmos de nós mesmos por instantes para olhar o outro. Isso se aplica não só na escola, mas na família e nos relacionamentos.

Esse movimento todo gera como resultado o afeto, o carinho. Isso constrói um vínculo que, dia após dia, vai dando gás à vontade do aluno de estar na escola, ao interesse de estudar, e consequentemente, aumenta progressivamente o nível de aprendizagem.

Muito provavelmente, isso é parte integrante e relevante do conjunto ensino-aprendizagem. Não deixemos de lado.

Referência

Imagem retirada do link: https://br.freepik.com/vetores-premium/ideia-leve-de-bulbo-com-cerebro-na-lampada_1390003.htm


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *