A quarentena e a escola

Antes de qualquer pensamento precipitado, é preciso entender a pandemia como algo mundial que pegou a todos de surpresa. Qualquer pessoa em sua família ou em seu ofício precisou adotar medidas diferentes, nem sempre acertadas, afinal, ninguém é especialista no assunto.

Nesse cenário de incertezas, as instituições de ensino regular e superior também tentam tomar decisões acertadas, cada uma para seu perfil de alunos.  

Mas existe aqui a angústia constante, de pais, professores, gestores e alunos de dar conta do ano letivo, a preocupação do tanto que será perdido em nível de aprendizagem, entre outros problemas. O mais sensato, por mais bobo que pareça, é irmos lidando de fato com os desafios quando eles surgem. 

As tecnologias estão aí para auxiliar as instituições de ensino em manter o vínculo e a aprendizagem dos alunos ativa, entretanto, ela não substitui o papel da escola. Sabemos que é significativa a perda por essa pandemia, mas podemos juntos aprender com ela, e a tecnologia e a criatividade de pais e professores nesse momento ajuda a amenizar. Acreditem, nossas crianças e adolescentes, assim como todos nós, aprenderemos mais sobre a vida nesse período, do que jamais estudamos.

REFERÊNCIAS

Imagem retirada do link:
https://pt.dreamstime.com/crian%C3%A7as-que-jogam-livros-para-o-conceito-da-educa%C3%A7%C3%A3o-image123238611


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *