Repensando métodos avaliativos

Esse é mesmo um assunto complicado né galera! Provas, avaliações, exames, do que quer que chamem, elas sempre são nossas pedrinhas no sapato, tanto dos alunos, como de muitos professores. Porque assim como vocês não gostam delas, nós, professores, também gostaríamos de fugir desse método. Mas a questão é: como? Como avaliar os alunos sem a tal da nota? Bem, quero começar dizendo que só por nos questionarmos sobre isso já é um avanço. Muitos de nós já sabemos que os nossos alunos se sentem pressionados, e que boa parte do que sabem se perde aí, no sistema nervoso. Fora, a competição que muitas vezes acontece por parte dos colegas em relação a esses resultados, dessa forma a prova deixa de ser um método diagnóstico e passa a ser um método excludente. E não deveria ser assim. A escola é um lugar de troca, aprendizado, e assim, passa a ser um grande exame. Uma peneira. Nos próximos posts vou falar sobre uma escola nova, métodos da escola da Ponte, entre outras. Mas voltando as notas, nós não temos uma receita, ou uma solução imediata para isso, o que temos é ideias novas para irmos adaptando essas mudanças em um coletivo. Claro, é preciso que a escola inteira se disponha a mudar, e principalmente a tentar. Por mais planejado que seja, sabemos que são tentativas, e sempre precisamos do plano B, até o C, para começar a dar certo. O caminho é a criatividade. As possibilidades estão aqui, na nossa cabeça. Podemos sim fazer um projeto, onde os alunos construam, criem e apliquem conteúdos que aprenderam durante o semestre por exemplo, e isso pode ser sim avaliado, o desenvolvimento de cada aluno. Porque uma nota?

Referências

Imagem retirada do link: https://claudiododt.wordpress.com/tag/certificacoes/

8 thoughts on “Repensando métodos avaliativos”

  1. Avaliação. Assunto bem polêmico e bem tratado neste texto. Com certeza um tema que todos os professores deveriam refletir sobre: como estou avaliando meus alunos? De uma forma justa? Uma dica: professores, nunca entreguem suas provas por ordem de nota. Não sabem como isso é vergonhoso para seus alunos. Na minha opinião, os professores deveriam rever seus métodos de avaliação. Se suas provas estão dando resultados bons, legal. Caso contrario, por que não avaliar através de trabalhos, construídos aos poucos pelos alunos, para que não haja tanta competitividade e nervosismo?

    1. Bem colocado, realmente é um assunto bem polêmico e precisamos pensar. Nossa, sobre entregarem em ordem de nota, realmente, não sei se ainda acontece isso mas, é constrangedor para o aluno, precisamos refletir.

  2. Oi mana,
    gostei muito de todos os textos que postou até agora,mas principalmente deste,porque me identifiquei muito com ele e também porque sei bem,por experiencia própria como é ficar nervoso e se sentir pressionado quando se está fazendo uma prova.Espero que continue tendo ideias e postando textos como esse,parabéns e continue assim.

    1. Que bom mano, sabemos que mesmo o ensino sendo ótimo, questões como essa são inevitáveis. Mas vamos nos aprimorando sempre. Obrigada! Pode deixar que vou me dedicar para escrever cada vez melhor! Beijinhos

  3. Muito reflexivos seus textos. Realmente são assuntos bem polêmicos e que todo educador precisa estar refletindo/repensando a fim de atualizar-se sempre. Parabéns pelo blog.

    1. Verdade Adri, são assuntos que estão sempre em movimento, precisamos estar atentos. Fico feliz pela sua visita! Obrigada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *