Monthly Archives: Novembro 2020

Coisas da quarentena

De repente, as pessoas se viram obrigadas a frear, a parar de trabalhar, parar de estudar, parar de correr, parar de sair. Pararam também de comprar tanto, entretanto, viram que precisavam pensar em como comprar o necessário para viver e sobreviver, com uma série de limitações, mas a maior delas, não sair de casa. E elas deram um jeito, pediram tele entrega, se organizaram para ir até o supermercado e a farmácia. E começaram a olhar para dentro de suas casas, a fazer coisas que antes não tinham tempo, e agora, é o que mais tem. 

As pessoas ficaram em casa para cuidar de suas famílias, das pessoas que amam, fazer o que gostam com elas e tudo por causa do medo, o medo de perdê-las, perdê-las pela doença. Mas acabaram gostando de fazer aquela comidinha gostosa, jogar carta e assistir um filme. Mal lembravam como era bom sentar e tomar um chimarrão no final da tarde e brincar com o cachorro.

Meu Deus! Bem, quem não mais lembrava dele, agora lembrou. Até sentou e leu aquele livro, escreveu ou até desenhou. E vejam, há uma coisa que refletiu em muitas famílias, acompanhar as tarefas e trabalhinhos de escola dos seus filhos. Dia após dia, fazerem juntos as tarefas, garanto que haviam famílias que não mais o faziam. 

Olharam para seu quarto, seus armários e notaram que estava uma bagunça e que precisava arrumar. Aí usaram uma tarde ou duas, e deixaram brilhando! Até separaram algumas peças que não usam faz um ano, e doaram. 

É, coisas da quarentena. Fazer para si e para sua casa, organizar a sua vida onde ela está e aprender a fazer tudo isso sem saber como será o amanhã, sem poder planejar nada. Para os aniversariantes do mês e suas famílias, talvez seja o aniversário mais marcante e cheio de carinho. Os presentes, deixa para outro dia.

Ah! Quase me esqueci. O causador de tudo isso, é um ser pequeno e invisível, que agora é ele quem gostar de sair, estar onde nos estamos, sempre na rua. Agora que estamos aos poucos, voltando para nossas atividades, mas fiquemos atentos, pois mais do que nunca precisamos da empatia, cuidar não só de si, mas também do outro.

REFERÊNCIAS

Imagem retirada do link: https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fwww.ibccoaching.com.br%2Fportal%2Ffrases%2Ffrases-de-reflexao-para-vida%2F&psig=AOvVaw1LeecQKpF6uxm0vhOQfEvD&ust=1606394414095000&source=images&cd=vfe&ved=0CAIQjRxqFwoTCMCFzNzbne0CFQAAAAAdAAAAABAD

Amorosidade na educação infantil

Educação infantil é uma etapa linda e leve, e embora tenha seu currículo com habilidades para serem trabalhadas, é tempo de brincar e de descobrir. Não deve haver pressa nessa fase, nem modelos a serem seguidos. Cada criança precisa estar livre para se conhecer e aprender à medida que vai experienciando. 

O professor, nessa etapa, auxilia seus pequenos, guia-os e oferece possibilidades para que eles aprendam e descubram. Esse processo deve ser de forma amorosa, com empatia e carinho para cada criança. 

Parece clichê, mas não estou falando aqui só de beijos, abraços ou de elogios, isso também, mas me refiro a toda e qualquer atitude, seja ela de elogio ou repreensão. Cada colocação precisa ser colocada de forma amorosa, que pode significar, por vezes, também ser firme.

Amorosidade inclui o saber dialogar com a turma. Significa estabelecer combinados. Conduzir a turma dessa forma é criar vínculos afetivos, laços que só enriquecem o aprendizado diário.

REFERÊNCIAS

Imagem retirada do link: https://sites.google.com/site/afetividadenainfancia/processo

O reforço escolar no período da pandemia

O reforço escolar tem seu relevante papel juntamente com a escola para com o desenvolvimento dos alunos e suas aprendizagens, mas com a pandemia do COVID-19 a necessidade e procura de aulas particulares se intensificou.

É importante registrar como esse aumento se deu e as marcas positivas que ele irá deixar. Primeiro,  a procura se deu pela necessidade que as famílias sentiram ao terem as aulas remotas. 

As tarefas escolares passaram a ser feitas em casa, e muitas famílias para isso tiveram que se organizar tanto em relação ao tempo e rotina, mas também em como participar de maneira adequada dos estudos dos filhos.

Muitas dificuldades ali surgiram, e assim como algumas famílias conseguiram se organizar, muitas outras precisam de auxílio. Por isso o reforço particular se faz tão importante nesse período, para ajudar os alunos e suas famílias a seguirem seus aprendizados de forma saudável. E, com os alunos também não é diferente, muitos precisam de maior apoio, dado o momento, por vezes a necessidade parte da criança. 

Ressalto então que independente das motivações de cada um, o reforço escolar vem para somar sempre, auxiliar e dar continuidade, mas principalmente nesse momento em que as escolas estão se reinventando. Contar com aulas particulares é ótimo para que não se perca o caminho da aprendizagem de cada um.

REFERÊNCIAS

Imagem retirada do link:

https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fbr.pinterest.com%2Fpin%2F829014243900543585%2F&psig=AOvVaw0Qlb-3MTedTwH–e6PE3uf&ust=1604494465941000&source=images&cd=vfe&ved=0CAIQjRxqFwoTCNDaqPO15uwCFQAAAAAdAAAAABAD